História da Religião

Maps of war

O site Maps of War traz a animação História da Religião.

Descubra como é que a geografia da religião evoluiu ao longo dos séculos, e onde ocorreram guerras? O mapa apresenta uma breve história do mundo e as religiões de maior expressão: Cristianismo, Islamismo, Hinduísmo, Budismo, e o judaísmo. Selecionado períodos de inter-religiosos sangrentos também são destacados. Quer ver 5000 anos da religião em 90 segundos?

Ver a Animação:  História da Religião

Download da animação: download * Download .swf

Rafael Nink

Professor de matemática da rede estadual de Rondônia.

You may also like...

2 Responses

  1. WLadimir disse:

    Gostei do conteúdo do blog. Parabéns

  2. REIS disse:

    TENS TODA A RAZÃO,MAS NÃO TE ESQUEÇAS, QUE NOS MANDAMENTOS, DE DEUS,LÁ DIZ PARA NÃO MATAR, PORTANTO SE AS RELIGIÕES VIOLARAM ESTE MANDAMENTO,TÊM CULPA DE SANGUE,E VOU TER O QUE MERECEM,QUANDO DEUS INTERFERIR DE NOVO NOS ASSUNTOS DO HOMEM.

    (Jeremias 2:33-34) . . .Por que, ó mulher, melhoras o teu caminho para procurar amor? Por isso também ensinaste coisas más aos teus caminhos. 34 Também, nas tuas saias foram achadas as manchas de sangue das almas dos pobres inocentes. Não as encontrei no ato de arrombamento, mas [estão] em todas estas.

    ESTAS PESSOA QUE FIZERAM ISTO,E QUE AINDA HOJE CONSENTEM,DEUS NÃO DORME

    (Salmos 55:23) . . .Mas tu mesmo, ó Deus, os farás descer ao poço mais baixo. Quanto aos homens culpados de sangue e enganosos, não viverão metade dos seus dias. Eu, porém, confiarei em ti.

    AINDA HOJE MUITO SANGUE INOCENTE ANDA A SER DERRAMADO.

    Um século de atividade missionária da cristandade na África não trouxe melhores resultados, como ficou bem evidente em Ruanda, um país considerado 80 por cento católico. O jornal The New York Times, de 7 de julho de 1995, relatou: “Golias, uma revista liberal católica, leiga, publicada em Lyon [França], pretende identificar mais 27 sacerdotes ruandeses e quatro freiras que, segundo a revista, mataram ou incentivaram as matanças em Ruanda no ano passado.” Direitos Africanos, uma organização de direitos humanos, em Londres, fez o seguinte comentário: “Muito mais do que pelo seu silêncio, as igrejas têm de prestar contas pela cumplicidade ativa no genocídio por parte de alguns de seus sacerdotes, pastores e freiras.” Isto é parecido à situação em Israel, quando o verdadeiro mensageiro de Jeová, Jeremias, descreveu a “vergonha” de Israel, junto com seus governantes, seus sacerdotes e seus profetas, acrescentando: “Nas tuas saias foram achadas as manchas de sangue das almas dos pobres inocentes.” — Jeremias 2:26, 34

    MUITO MAIS HAVIA PARA METER AQUI,MAS TAMBÉM QUERO DAR ESPAÇO PARA OUTRO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *